Postado em quinta-feira, 29 de novembro de 2018 às 22:10

Laudo confirma contaminação de água de mina

Os exames comprovaram que a água está imprópria para o consumo e não há prazo para liberação do local.


Da Redação

A mina de água do Residencial Oliveira vai passar por reforço no monitoramento em Alfenas. A nascente foi interditada para consumo humano depois que foram encontrados coliformes fecais em amostras coletadas no início de novembro. Um laudo, emitido pela Unifal (Universidade Federal de Alfenas), confirmou a contambinação.

Segundo os técnicos da Vigilância Ambiental, a mina continuará interditada para novos procedimentos como, higienização da tubulação do escoamento de água e limpeza geral no local. Novas amostras foram coletadas para análise e não há prazo para a liberação da água para consumo.

O laudo, emitido pela Unifal confirmou que a água está imprópria para o consumo (Foto: Ascom/Prefeitura)


De acordo com a Prefeitura de Alfenas, a área continua isolada e foram colocadas novamente placas com alerta à população sobre o consumo impróprio da água. A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Ambiental, pede a colaboração de todos os usuários que frequentam o local para não retirar as placas de sinalização.

No início de novembro, Vigilância Ambiental de Alfenas interditou o local por suspeita de contaminação. Os técnicos fizeram a coleta da água que constatou através de análises laboratoriais alterações na qualidade da água. A conclusão dos exames laboratoriais veio no dia 26 e foi divulgada nesta quinta-feira, 29.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.