Postado em sexta-feira, 12 de janeiro de 2018 às 13:01
Atualizada em sábado, 13 de janeiro de 2018 às 16:07

Vaga Urbana ocupa a Praça Getúlio Vargas

Pelo 3ª ano, o Parklet, repleto de flores e produzido com materiais recicláveis, foi instalado na Praça Getúlio Vargas.


Da Redação

Pelo 3ª ano, o Parklet, repleto de flores e produzido com materiais recicláveis, foi instalado na Praça Getúlio Vargas. O projeto, desenvolvido pela iniciativa privada, tem como objetivo estimular espaços de convivência na cidade, utilizando a sustentabilidade como conceito.

De longe, a ideia parece simples: alguns bancos, mesa e plantas formando uma minipraça em vagas destinadas a carros. Mas basta entrar e aprofundar um pouco mais e se percebe que o conceito dos parklets vai muito além, proporcionando reflexões sobre ocupação urbana, reapropriação de espaços públicos pela população, conscientização ambiental, reaproveitamento de materiais e mobilidade urbana.

Vale informar que os primeiros parklets surgiram em 2010 nos Estados Unidos, nas cidades de São Francisco e Los Angeles, e, a partir de 2013, chegaram ao Brasil pela ONG Instituto Mobilidade Verde, de São Paulo, estado que implementou legislação para orientar, autorizar e fiscalizar as instalações.

Pelo terceiro ano a empresa Piso Ambiental, voltada a projetos ambientais, se une a várias empresas do setor comercial para realização do projeto que busca a sustentabilidade. O projeto foi colocado em prática pela primeira vez na Praça Getúlio Vargas em 2015 e, no ano seguinte, voltou a ser colocado em prática.

O parklet foi instalado pela terceira vez na principal praça de Alfenas (Foto: Divulgação)


A ação é realizada através do selo ambiental “Eu piso verde”, no qual certifica os estabelecimentos que fazem ações pelo município, participam de propostas de melhoria ao meio ambiente e a sociedade além de outras premissas pertinentes a certificação.

Além desse “Parklet” móvel, Alfenas recebeu um ponto fixo na Avenida Governador Valadares, em frente à Secretaria de Educação e Cultura, cuja iniciativa foi da Superintendência de Cultura. Além disso, segundo a empresa Piso Ambiental, já está em andamento a elaboração de um projeto de lei para que empresas possam contratar o serviço e promover o espaço onde desejar. 

Os realizadores do Parklet promoverão sorteios, degustações e diversas atrações no espaço. Pela página do facebook /Piso Ambiental, será possível acompanhar as ações que serão gratuitas no espaço.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.