Postado em quinta-feira, 28 de dezembro de 2017 às 09:02

Futuro promissor, "treta" com Felipe Melo, polêmicas: conheça Róger Guedes, novo reforço do Atlético

 

 O atacante de velocidade e drible foi, enfim, confirmado pelo Atlético. Róger Guedes será o novo reforço do clube alvinegro se for aprovado nos exames médicos. Com o atacante, um ‘pacote’: o futuro promissor, força e polêmicas acumuladas no período de Palmeiras. O Superesportes destrincha a curta carreira do jovem de 21 anos, que chega a Belo Horizonte em troca que envolve a saída do lateral-direito Marcos Rocha.

O começo no Sul

Róger Guedes nasceu na pequena Ibirubá, cidade de pouco mais de 20 mil habitantes, no Rio Grande do Sul. O atacante se destacou nas categorias de base do Criciúma. E foi no time catarinense que o jovem começou a chamar atenção.

No dia 23 de novembro de 2014, Guedes foi convocado para o elenco profissional pelo então interino Luizinho Vieira. Estreou contra o Flamengo - e com grande estilo. Em 20 minutos, aplicou belo chapéu em Canteros e deu assistência para um gol de Cleber Santana.

Apenas duas semanas depois, a consagração: balançou as redes pela primeira vez como profissional na derrota por 2 a 1 diante do Corinthians, pela última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano. E não foi um simples gol. Em Itaquera, surpreendeu Cássio ao marcar de calcanhar. Eram as credenciais necessárias para permanecer no time de cima no ano seguinte.

Destaque na Série B

A temporada 2015 marcou a afirmação de Róger Guedes no Criciúma. Apesar da campanha ruim do time catarinense na Série B, o atacante foi um dos destaques do torneio. Aos 18 anos - e já casado -, o jovem atacante disputou 42 jogos e marcou quatro gols no ano.

Já nesse período, destacou-se em função da velocidade e da força na hora de apoiar o ataque. Conquistou espaço definitivo no time titular até ser contratado pelo Palmeiras, em 5 de abril de 2016.

Destaque na Série A


Róger Guedes chegou ao Palmeiras sem muito alarde. Apesar disso, desbancou nomes mais conhecidos da torcida alviverde e assumiu a titularidade desde a primeira partida da vitoriosa campanha no Campeonato Brasileiro. Marcou um dos gols daquele triunfo por 4 a 0 sobre o Atlético-PR, no Allianz Parque.

A partir daí, conquistou aos poucos a confiança dos palmeirenses até assumir a titularidade da ponta direita. Marcou três vezes nas nove primeiras rodadas do Brasileirão. Na campanha, foi peça importante no ataque e também na defesa. Era fundamental para o time de Cuca e desenvolveu a capacidade de marcar o lateral adversário.

Na parte final da temporada, recebeu críticas de torcedores justamente em função da queda de desempenho ofensivo. Mesmo assim, terminou a temporada como titular e campeão brasileiro. As boas atuações fizeram com que o atacante fosse pretendido por clubes europeus. O Palmeiras, entretanto, se negou a negociá-lo.

Queda de desempenho e polêmicas


Sob o comando de Eduardo Baptista, Róger Guedes iniciou 2017 como titular. Mas, assim como boa parte do elenco do Palmeiras, não conseguiu atender às expectativas criadas no começo da temporada.

Guedes alternou entre o banco de reservas e a titularidade durante o ano. No total, foram oito gols em 49 jogos - a temporada mais artilheira da curta carreira do atacante. Apesar de algumas boas atuações, foram as polêmicas que mais chamaram a atenção em 2017.

Logo no começo do ano, o atacante foi convidado do ‘Programa do Ratinho’, do SBT. A participação de Guedes, entretanto, ocorreu sem aviso prévio ao Palmeiras, que considerou o ato como ‘indisciplina’.

Em abril, um ‘trote’ de jogadores do elenco alviverde no atacante gerou desconforto interno e foi amplamente questionado externamente. Róger Guedes foi amarrado por companheiros e revidou com movimentos de agressivos.

Dias depois, foi a vez de o atacante se envolver em polêmica com Felipe Melo. Durante treino às vésperas de partida da Copa Libertadores, o volante esbravejou: “P***. Assim fica difícil, meu irmão. Tá falando para c******. Me respeita, p***. Você é moleque, me respeita, p***”.





Fonte: Super Esportes